Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Duquesa e o Gato ♠

"I'm worse at what I do best." ☆

O teu cancro é nosso!

Quando ouvimos a palavra "cancro" todo o nosso sistema nervoso entra num estado de choque diário. Ouvir alguém dizer a um dos nossos que a sua saúde está fragilizada é das piores coisas que pode existir. Recordo-me como se tivesse sido ontem embora tivesse feito em Outubro 2 anos. Fui com o meu pai fazer um simples exame para a retirada de um pólipo e saí de lá num misto de emoções, o qual ainda hoje me custa explicar. Ouvir o médico dizer "tem aspecto maligno" é assustador.. Após um mês de exames e consultas, surgiu o diagnóstico...era cancro maligno! O meu pai estava a iniciar a sua luta contra este que é um dos monstros do século. Dividi-me entre o choque, o querer gritar, o querer chorar e o tentar manter-me calma por ele. Levei o meu pai a casa, sorrindo e dizendo que tudo iria correr bem, que era somente mais um desafio que iríamos enfrentar - embora por dentro me sentisse destruída e com medo. Deixei-o em casa e vi que, ao subir as escadas, umas lágrimas lhe escorreram pelo rosto. E foi aqui que desabei. Fiz 20 km's a chorar e a gritar até chegar a casa, enfiei-me no banho e chorei mais um bocado. Ao Marco só conseguia dizer " O meu pai tem cancro! O meu pai!". Não conseguia aceitar, acreditar ou até pensar em outra coisa. Passei uns dias em que esta realidade me estava a consumir... Não era justo, já tinha perdido amigos, primos, os meus avós, o meu padrinho e agora estávamos frente-a-frente com um cancro?! A sério, tinha de ser mesmo um cancro?! Não era justo acontecer com o MEU pai... Os porquês tomaram lugar nos meus dias e a revolta estava a querer ser a minha melhor amiga. Até que me lembrei de que isto não era sobre mim mas sim sobre ele. A luta dele estava a começar. E o meu pai era lá homem de desistir!

Em Dezembro foi operado e em Março iniciou a quimioterapia. Antes do tratamento meu pai não parava um dia em casa, não estava mais de 1hora a ver televisão, inventava sempre alguma coisa para fazer, o trabalho era o seu passatempo preferido. Aliás, durante o internamento da operação, lembrou-se de fazer uns projectos para construir em casa e se manter ocupado (ele é pedreiro) E claro,com a quimioterapia, foi-se abaixo. Teve uns dias em que estava bastante fragilizado. Podem perceber como me fez confusão vê-lo deitado no sofá, com frio em pleno Verão, sem forças. Chegou a ter dias em que iria fazer quimioterapia e os seus valores estavam demasiado baixos para poder fazer o tratamento... Acreditem, isso é assustador! Não consigo arranjar outra palavra para descrever o que sentia naquela altura. Estava assustada, era isso mesmo - assustada. Estava com medo de perder o meu pai, tinha medo que ele desistisse de lutar ou que a doença fosse mais forte do que ele. Embora conheça o meu pai e saiba que é um homem de força, o facto de termos tido familiares a morrerem da doença foi um fantasma nestes últimos 2 anos. A minha avó, mãe do meu pai, faleceu de cancro 2 anos antes de eu nascer.Como podem imaginar, isto assombra sempre uma família, por muito que nos tentemos esquecer desse lado. 

O seu último dia de quimioterapia foi uma vitória. Foi uma espécie de brisa marítima num deserto. Claro que ainda iriamos ter um caminho a percorrer, mas mais um passo estava dado. 

Todo o seu caminho percorrido e ainda por percorrer, não é só dele... é de todos nós. E, felizmente, posso dizer que nunca estivemos sozinhos. Tivemos o apoio de todo uma população, familiares e conhecidos. É tão importante sentirmo-nos amparados todos os dias, sentirmo-nos amados. Sabia que, se fosse preciso, qualquer um de nós poderia virar-se para qualquer lado e chorar, gritar, o que fosse. Sabia que as pessoas iriam compreender. Sabia que estavam ali para nos apoiar. Normalmente, quando há uma doença grave, tentamos não pensar na doença e sim na recuperação. Para tal acontecer, é claro que temos de nos manter positivos. E ajudava ter o telefone a tocar de hora a hora a perguntar como estava a correr tudo e a oferecer uma mão. Não, não era pena. Era amor. Era preocupação. Ainda o é. Posso dizer que fomos abençoados em viver onde vivemos (os meus pais) e conhecer as pessoas que conhecemos... E agradeço-lhes tanto por isto! 

Por isso mesmo, digo que o cancro do meu pai não é só dele...é nosso! 

 

Evolução, finalmente!

12274487_10153365773488335_9088978098136738839_n.j

Em relação à adopção por casais homossexuais sou completamente a favor! Infelizmente penso que o nosso país ainda não esteja preparado (ou não tenha humanidade suficiente) para perceber o bem que estas pessoas fazem a estas crianças... Estes seres humanos dão um lar a outros seres humanos cujos pais biológicos abandonaram ou maltrataram (ou ambas as coisas juntas). Porquê tratar alguém diferente por ser homossexual? Se não conseguem aceitar pelo menos respeitem... Custa tão pouco! E vamos lá analisar a situação... Então, há crianças abandonadas em lares temporários e orfanatos e há casais (independentemente do sexo dos elementos) que querem adoptar crianças, que lhes darão um lar com amor, tranquilidade, afecto, paz... Será melhor continuarem num local onde não lhes poderão dar toda a atenção que merecem ou ir para um Lar? É preferivel estas crianças serem felizes, certo?! Resta às outras pessoas criarem os seus filhos para que não achem que estas situações são fora do normal! Sejamos humanos! Sejamos aquele que aceita que uma criança merece ser feliz... Sejamos aquele que não discrimina nem ensina os filhos a discriminar!

Alianças...

Isso mesmo: alianças!

Namoro há pouco tempo, mas o meu namorado lembrou-se de que queria usar alianças. Bem, isso nunca me tinha acontecido! (Ah.Mentira.Aconteceu-me uma vez num fim de um namoro quando ele me disse "agora que eu queria comprar as alianaças". LOL). Sinceramente, gostei da atitude dele. Mas deixa-me um bocado com medo. Não por mim! Mas porque sei perfeitamente que o mulherio adora homens comprometidos e a aliança é um chamariz! (e não me digam que é mentira pois eu sei que é verdade!). Para ser sincera não percebo a razão de um homem comprometido chamar a atenção. Se tem namorada\mulher é porque supostamente não se deve meter com outras (Sim, sim, Vânia!). Mas este mundo anda ao contrário, como dizem os Xutos!

Dantes achava que uma aliança era mais pra dizer: "Alto aí que este\a é meu\minha!". Hoje apenas vejo isso como um simbolo. Mas que de certa forma as pessoas estão a deixar perder o significado...

Se gostava de usar? Gostava sim. Acho uma fofura essas grossas, mas nada de ouro amarelo! Só que receio um bocado estar a por um placard no meu namorado a dizer: "Ataquem aqui que ele namora!"...Mas por outro lado também gostava de arranjar trabalho e uns trocos para ser eu a oferecer-lhe as alianças.Acho isso querido!Até porque foi ele a dar o primeiro passo...podia ser eu a dar o último! =)

Agora digam-me, este mundo anda ou não anda louco?! (e eu também!)


 

 

Também sei que um anel não faz uma relação! Nem obriga ninguém a ser fiel ou a trair... Mas a verdade é que é um himan! ah ah. Bem, acho que vou dormir sobre o assunto...

 

Beijinhos minhas queridas...

Vânia

I'm soooooooooooooooooooooooooo ..................

Estou... Estou... DANADA! oh que raiva... Nem o meu Benfica?! =( Posso voltar a dizer uma asneira?! Só a mesma....Não é grave....Meeeeeeeeeeeerdaaaaaaaaaaa! (Peço desculpa)

 

 

 


Estou quase capaz de ir á rua gritar, suicidar-me e voltar para a cama... TRAGAM-ME UMA FACA!

Ou se calhar estou só mesmo a precisar de umas férias num sitio bem longe com o amor da minha vida! Agora primeiro tenho de encontrar esse caso raro, depois tirar férias e conseguir dinheiro para ir para um praia num pais tropical. (Ai se me calha-se o euromilhoes eu era tão feliz!)

Agora deixando também de brincadeiras. Estou chateada pelo facto de o meu Benfica ter perdido (coisa rara nos últimos tempos, graças a Jesus! Lol) . Epah. Já não estava habituada a este sentimento de frustração! Mas pronto. Dias não são dias, assim como jogos não são jogos! Lol. Pronto, lá está ela com a porra do futebol! a culpa não é da minha exelentissima pessoa... A sério que não.É o amor....Lol.

Ontem disseram-me que eu ando a precisar de arranjar um namorado. Mas isto é normal?!?!Lol.Será que ando assim tão frita da cabeça?! Estou a começar a ficar preocupada com a minha sanidade mental. Isto pode ser alarmante. Esqueci-me foi de referir que arranjar namorado não é fácil. É que arranjar um rapaz simpático, dedicado, fiel, divertido, amoroso, romantico, benfiquista, atlético e giro não é fácil! Não não é!

 

La la la (L'

"Eu te dei todas as chances de ser um bom rapaz (...) nosso amor foi enterrado e descansa em paz. Agora eu tou em outra! Tô nem aí"

 

 

Porque eu agora estou melhor... =') Porque Ele me completa... Porque ele faz por me ter com ele... Porque ele sim, ele conquista-me todos os dias com palavras e actos! Isto sim, é o que eu mereço! =') Obrigada amor, por me fazeres feliz!

 

 

ps: Hoje fiz uma coisa feia, faltei ao trabalhao.. Mas foi por justa causa, juro! Estava meio adoentada... (Deve ter sido da revolta toda com o pássaro, o carro e os horários...)

<3

 

Vocês já sabem que estou assim apaixonadissima, não é?! Mas eu digo outra vez: Estou apaixonadissimaaaaaaaaaaa!! =)

Aconteceu nem sei bem como.. Aconteceu.. E ainda bem que aconteceu! O Cláudio consegue ser super fofo comigo, super amoroso.. =) E estou bem assim! Hoje agradeço por tudo o que aconteceu... Sei que com o Xavier não consegueria estar tão bem. Não que o sentimento dele não fosse verdadeiro, mas porque não fomos feitos um para o outro. Eu não era capaz de estar assim com alguém tão desnaturado! O sentimento foi morrendo com cada desilusão que ele me deu...A nossa relação já tinha acabado há mais tempo do que pensavamos... eu mesma já tinha pensado acabar com ele algumas vezes (e isso não é bom sinal)

E para ser sincera, com o Xavier nunca tinha tido estas borboletas na barriga.. :$ Um "amo-te" nunca me soube tão bem ser dito nem ser ouvido... E como sabe bem ouvir isso dos lábios do Cláudio... Não sei explicar.. É diferente! Não tenho palavras... Não consigo ter palavras... Estar com ele é diferente! Ele provoca-me sentimentos como nunca tive.. =')

 

 

Amo-te meu Cláudio

 

ai ai ai ai ai!

Rochemback no Sporting? Preocupa-me um pouco....

Espero que o meu Benfica deixe de me preocupar tanto esta época! Tenho fé! [Avé Rui Costa]

 

     

 

" Eu conto os dias conto as horas pra te ver (...) Cada minuto é muito tempo sem você, sem você"

" Se eu não te amasse tanto assim
Talvez perdesse os sonhos
Dentro de mim
E vivesse na escuridão
Se eu não te amasse tanto assim
Talvez não visse flores
Por onde eu vim
Dentro do meu coração..."

 

 


 

I'll Never Leave You

Lumidee

uh oh, uh oh,
uh oh, uh oh

Honestly, If I tell, tell you what,
what you want to know love,
there ain't another, don't want no other lover,
I put nothing above ya, I kick them to the gutter
they try to shake me and they're call'n me crazy now,
look at us lately and tell'em whose your lady.

I never thought you'd be the one
that make me shine brighter than the sun
there ain't no ups and downs, no win and now to hear right now,

if you want me to stay, I'll never leave,
if you want me to stay, we'll always be,
if you want me to stay love endlessley,
if you want me to stay, if you want me to stay I'll never leave you


uh oh, uh oh,
uh oh, uh oh

Now all you're lovin back, we're happy it's a fact,
can nothing hold us back, we got this in the bag,
they're ain't no babies, no question love you daily now,
look at us lately, and tell 'm whose your lady

I never thought you'd be the one
that make me shine brighter than the sun
there ain't no ups and downs,
no win and now to hear right now,

if you want me to stay, I'll never leave,
If you want me to stay, we'll always be,
if you want me to stay love endlessley,
if you want me to stay, if you want me to stay I'll never leave you


uh oh, uh oh,
uh oh, uh oh
uh oh, uh oh,
uh oh, uh oh

 

 

 

Amo-te meu Cláudio.. =')