Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Duquesa e o Gato ♠

"I'm worse at what I do best." ☆

Os incêndios - o lado de quem vê em perigo os seus bens e a sua vida

Há uns dias, em Peniche, estava a ver a Procissão do Mar quando, ao meu lado ouço uma coisa destas: ''As pessoas reclamam dos bombeiros mas nós não podemos estar em todo o lado. Depois andam a reclamar de mangueirinha na mão armados em parvos... ridículo!''

Como não queria ser mal educada numa procissão, talvez porque ainda tenho algum respeito pela religião em que fui ''inserida'' desde pequena e a qual sigo até hoje, calei-me. Mordi a lingua e fechei as mãos como se estivesse a dar burros na minha cabeça a dizer '' Cala-te, Vânia''.

Eu respeito os bombeiros. Muito! Tenho primos que o são desde sempre e admiro-os imenso e tenho um orgulho neles que nem imaginam. Sei que os bombeiros só não ajudam se não poderem, e em muitos casos não podem! Ou porque são chamados para outros locais ou porque têm ordens para proteger outras coisas... obviamente que a culpa nunca é deles. Maaaaas, também não é nossa! Jamais a culpa será desses ''parvos de mangueirinha na mão'' a tentar salvar o pouco que têm e que tantos anos levaram a conseguir, esses mesmos ''parvos de mangueirinha na mão'' que tentam salvar os seus animais para que não morram queimados ou com a inalação do fumo...

Atenção, a minha revolta aqui não é nem nunca foi contra os bombeiros. Apenas contra aquele comentário que dispensava ter ouvido. Contra esta senhora...

Esta senhora, nunca se viu na posição ''ridícula'' de ter de implorar ao patrão para sair do trabalho pois tinha de ir molhar os terrenos em volta da sua casa e encher baldes (e tudo o que existisse e levasse água) porque o fogo vem ''a caminho'' e a água falta sempre antes dele chegar! (Já viu o que é estar tudo a arder e não ter água?)

Esta senhora nunca teve de gritar por ajuda quando tudo ao redor da sua casa está a arder e porque não consegue ver, no meio do fogo e fumo,os seus familiares e vizinhos, não sabe se estão bem (ou até vivos!) 

A senhora, que tanto acha ridículo os populares tentarem defender o que é seu não sabe o que é, num momento de aflição chamar por bombeiros e não existir um único carro durante horas numa aldeia. (Claro que muita gente, nestes casos, se enerva e desconta nos bombeiros. Creio que não custa muito perceber... nenhum dos lados tem culpa mas os nervos fazem disso!)

Esta mesma senhora não sabe o que é lutar constantemente contra incêndios enormes que passam pela sua terra, não sabe o que é ver a terra que ama vestida de preto! Não sabe o que é familiares seus ficarem sem casa...

Sabe, minha senhora, é que é tão ridículo um doente com cancro, operado há pouco tempo, andar na rua de ''mangueirinha na mão'', com um fumo imenso e a ver a sua casa - que levou anos a construir com as suas próprias mãos- quase arder. É mesmo ridículo! Porque se preocuparia ele? E a família? Que ridícula andear em pânico e nem saber se ele estaria mais seguro em casa ou na rua... (aqui agradeço aos bombeiros porque o levaram para o quartel e o mantiveram lá durante horas)

A senhora sabe o que é andar de casa em casa de familiares a ajudar a combater o fogo até chegar á vossa? Sabe o que é preocupar-se com a casa de um irmão, depois a dos pais, de seguida a de outro irmão,chegar á sua e depois ainda se ir preocupar com as dos cunhados e sobrinhos (e pelo meio ajudar mais uns vizinhos)? Sabe o que é ver uma casa explodir e pensar que a sua família ''já foi''?!

Sabe o que é chorar e gritar ''vou ficar sem nada''?

Nós sabemos o que é isto tudo! Passamos pelo mesmo de ''x'' em ''x'' tempo.

Ouviu o ano passado falar do maior incêndio do país? Foi ''nosso''. E sabe quem salvou a minha aldeia? Esses mesmos a quem você chamou de parvos e ridículos... porque, infelizmente, na maioria dos anos, é raro termos um carro de bombeiros a ajudar (a culpa não é deles, eu sei!). Foram familiares, vizinhos, amigos e pessoas de terras vizinhas que também arriscaram as suas vidas... ridículo, não é?

Sabe quem são parvos e o que é ridículo? Quem provoca estes incêndios! E a senhora também é um bocado ridícula, deixe-me que lhe diga agora.

 

(Fica aqui um agradecimento a todos os bombeiros do país que o são porque amam ajudar os outros e não para se vangloriar. Sem dúvida que devemos agradecer a esses heróis que muitas vezes dão a sua vida pela nossa. Obrigada! Sei que algumas vezes a população é injusta convosco mas são somente os nervos a falar... vocês têm valor e nós sabemos disso!)

3 comentários

  • Imagem de perfil

    LadyVih 10.08.2016 10:46

    Há 10 anos atrás tivemos outro grande incêndio e temos uma figueira quase pegada a casa. Além de termos de cortar as ervas dos ''vizinhos'' ainda tivemos de andar a cortar ramos da figueira que estavam mais colados á minha casa (uns batiam na casa). O fogo passou, queimou a figueira...
    Sabes qual a reação de alguns dos herdeiros desse terrenos? Dizer que nós não tínhamos nada que cortar a figueira e que só não iam á polícia porque a figueira estava queimada! Eles nem são da terra, nunca se preocupam na limpeza desses terrenos. Desde aí que faço queixa de 3 em 3 anos por causa da falta de limpeza. E adivinha? O ano passado com o grande fogo, tivemos de andar a cortar a erva deles mais uma vez e só a cortaram este ano porque fiz queixa!
  • Imagem de perfil

    Andy Bloig 10.08.2016 10:54

    É esse que é o problema actualmente. As pessoas deixaram de se preocupar com a prevenção. E se tentas fazer algo, passas pela má da fita. 
    Na terra do meu avô também acontece disso. Mesmo estando longe da mata, quando lá vou corto as giestas todas do terreno ao lado. Já foram várias vezes que o dono daquilo me ameaça com processos, porque cortei as giestas e as queimei. Para além de cavar a terra para abrir um espaço entre as ervas e a casa. 
    É nisto que o pensamento devia mudar... avançar mais na prevenção e menos no combate. Poupavam-se vidas e um desgaste terrível nos bombeiros, pois teriam de combater os fogos mas, sem andarem a tentar proteger 1001 coisas ao mesmo tempo. 
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.