Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Duquesa e o Gato ♠

"I'm worse at what I do best." ☆

25
Fev22

Wonder Woman

E quando me perguntam:

"Vânia, essa tatuagem é porque gostas da Mulher Maravilha?"

Nada disso. Vi o símbolo na internet, mandei e disse à minha tatuadora:

"Mafaldinha, tatua aí essa coisa no tornozelo. Deve de ficar bem."

Até que ficou.

Só soube que era o símbolo da WW 2 anos depois, porque me perguntaram se gostava dela...

Eu não!

(Também nem gosto da Gal Gadot...)

 

 

[Este post contém ironia]

 

25
Fev22

Continuação da saga dos vizinhos...

Encontrei um dos vizinhos ontem ao chegar a casa.

Sempre simpático, deixou-me a porta aberta para poder entrar, ao contrário da outra besta que entra no prédio feito elefante e quase parte os vidros com o embate das portas - mesmo que bata com a porta nas trombas de alguém...

Fez-se conversa sobre os acontecimentos.

O pobre levou um murro porque apanhou o vizinho à entrada do prédio e lhe pediu para ter calma durante a noite porque as pessoas precisavam de dormir. 

A verdade é que já não dormíamos sossegados e os fins de semana eram passados a ouvir berros, móveis a "partir" e portas a serem batidas. 

E até acredito que o meu vizinho tenha sido super calmo ao pedir-lhe isso, porque é uma pessoa calma e acessível.

Levou um murro. Foi para o hospital. Teve de levar pontos. 

Eu fui uma das pessoas que já chamou a GNR por causa dos gritos. 

Não vai ser a filha dos meus pais que ouve isto, nada faz, e um  dia vê a noticia de que a vizinha foi morta (bater na madeira 3 vezes)  e fica com o peso de nunca ter feito queixa. 

Mas agora também penso. Se aquele gajo deu um murro ao vizinho que só queria dormir em paz... 

Acho que vou virar loira e engordar 10kgs... 

Aaah! Perto disto, a senhora que acordava os filhos com um "sai da cama seu filho da..." parece um anjinho! 

24
Fev22

Quando dão poderes a uma besta...

... é isto que acontece.

Começou.

Já morreram inocentes. Mais irão morrer. 

Só porque um gajo acha que é giro brincar com o Mundo.

Queria ver esse senhor lá no meio, a dar o corpo ás balas... 

Mas não, não é?!

Vai estar sentadinho na poltrona a ver "o circo pegar fogo"! 

A vida não é um jogo. Não deveria de ser. 

Vamos perder todos.

Faz doer o coração pensar em todos os inocentes... 

 

23
Fev22

Os vizinhos

O vizinho meteu a vizinha e a filha de ambos na rua.

E isto foi tudo depois de um dos nossos vizinhos ter ido pedir, gentilmente, ao senhor para não andar a fazer barulho pela madrugada.

O vizinho deu um murro ao nosso vizinho que apenas queria dormir sossegado.

Eu também quero dormir sossegada mas não quero levar um murro.

 

Segundo percebi, os enteados do vizinho não andam lá muito felizes porque descobriram o que a besta fez à mãe. 

Afinal a guerra, provavelmente, terá lugar no meu prédio...

 

Santinha do Condomínio, como eu odeio apartamentos!

 

Actualização: acabei de saber que tenho a GNR e uma ambulância á porta do prédio... 

22
Fev22

O Super Jardel aka Super Mário

Ora, desta vez decidi ver o programa porque tinha curiosidade em ver o Bruno, o Jardel e o Kasha...

Achei piada ao Bruno os primeiros 15 dias, depois voltei a ter a mesma opinião que tinha dele.

Passei a gostar ainda mais do Kasha.

Passei a admirar a força do ser humano Jardel.

Um verdadeiro Super Mário.

Mas este Domingo que passou, o programa demonstrou ser baixo e importar-se apenas com audiências. 

Ora bem, a mãe do Jardel falece.

Metem o homem vestido de esponja a limpar pratos com o corpo e depois contam-lhe da morte da pessoa a quem ele mais queria orgulhar. 

No fim de semana seguinte metem os colegas a dar abracinhos nas mães, a UMA SEMANA para o fim. 

Se isto não é gozar com o luto de uma pessoa, não sei o que é! 

Vi um homem em sofrimento mas feliz pelos amigos.

Vi dor. Vi amor. 

Mas vi um programa de baixo nível que não se importou em massacrar uma pessoa que está farta de lutar pela vida... 

Foi triste.

Fez-me lembrar porque tinha deixado de ver estes programas.

18
Fev22

Vivenda vs Apartamento. Campo vs Cidade.

Depois de fazer os meus posts sobre a má vizinhança, cheguei à conclusão de que odeio viver num apartamento. 

Sou mulher do campo.

Nasci e cresci em vivendas, a acordar com o barulho dos bichos... 

Quando me juntei aos 20 anos, fui para a cidade e, por consequência, para um apartamento. 

Ora, eu já tenho dificuldade em adormecer. Se acordo, é para esquecer! Então, as primeiras noites foram interessantes...

Nunca tinha vivido em apartamento. Ir á casa de banho era a medo. Acho que, durante semanas, não fiz o famoso "número 2" com receio de que os vizinhos percebessem que estava na casa de banho.  Até porque, eu mesma os ouvia ao longo do dia e mais ainda durante a noite. E claro, pensava que, se eu os ouvia, eles também me ouviam a mim. 

A adaptação foi horrível.

Ouvia cada mota, cada carro, cada ambulância, cada berro de vizinhos...

Tive vizinhos complicados, vivi numa zona também muito escura e triste.

Nunca me senti "em casa".

Faltava o cheiro a pinheiros.

Faltavam os  "bons dias" dos vizinhos do lado.

Até faltava o tal do "hoje passou aqui uma  carrinha desconhecida. Vamos estar de olho!" Sim, porque, na aldeia, se virem um carro estranho, metade dos habitantes ficam de olho e seguem um "protocolo". 

Faltava o calor humano.

Faltava o verdinho.

Faltava o cheiro a terra molhada.

Faltava o ir levar 2 couves à vizinha do lado e receber uma cestinha de figos.

Faltava o : "A filha da D. Amélia anda a sair com o moço ali da terra do lado. O filho do dono do Restaurante lá ao pé da Igreja..."

Faltava o ver florir das flores em plena Primavera e o primeiro espirro... 

Faltava tanta coisa...

Quando nascemos "livres" é tão difícil sentir-nos "enjaulados"...

Separei-me. Voltei para casa dos meus pais.

No meu primeiro dia de regresso, senti a liberdade nos pulmões e na alma.

Senti-me em Paz.

Senti-me em Casa.

Comecei a correr, fui para o ginásio e dizia sempre que aquela era a minha passadeira preferida...as estradas da minha terra!

As paisagens dos locais que conheço desde que nasci, todos os dias são diferentes!

O ano passado fui viver para uma Vila a pouquinhos km's da minha terra. 

Não desgosto, claro. Até porque continuo bem perto e é até um dos meus locais preferidos.

Mas, Casa é Casa. Aquela terra é mesmo a minha Casa. 

Um dia, espero voltar.

É ali que me sinto em Paz.

Faz-me falta.

 

Ali no Nada, no meio dos Pinheiros e Eucaliptos, sou Eu.

17
Fev22

Descontos em livros!

Todos gostamos de descontos, certo?

Mas eu tenho um problema...

Não posso ver descontos em livros!

A sério. Causam-me ansiedade... 

Só a Santinha dos Capítulos sabe o que me dói olhar e passar... 

Só o Santinho da Paginação entende o meu sofrimento ao sair da página com o carrinho cheio mas sem efectuar o pagamento.

 

Escrevo isto, de lágrimas nos olhos, enquanto olho para o meu telemóvel numa página em que os livros estão a "50% na segunda unidade" ...

É duro!

16
Fev22

O medo de dizer o que se pensa...

Escrevi este post, logo após ter falado sobre o moço lá de Fátima/Leiria/Alcobaça (wathever...)

Li algumas coisas pelo facebook... E ainda estou assim meio que a tentar abrir os olhos e a aprender a respirar de novo! (Para uma asmática já seria difícil por si só...)

Chego à conclusão de que, hoje em dia, temos quase de explicar tudo tim-tim por tim-tim, com entoações, desenhos e coisas, de forma a não sermos alvo de uma chuva de comentários tóxicos e maldosos de pessoas que - MUITAS VEZES- nem percebem o que escreveste/disseste mas acham-se no direito de te ofender, criticar, opinar sobre a tua vida e, ainda, ofender a tua família. Muitas vezes, até sobre o teu trabalho. 

Primeiramente, e acima de tudo, temos de olhar o tema sobre o qual vamos comentar/opinar. Porque, se calha a ser algo sobre o qual existe um fanatismo fervoroso... Estás desgraçado da tua vida e nem a tia da tua prima de quarto grau se vai safar! 

Depois, tens de explicar TUDO. Se puderes usar definições de palavras-chave, melhor! Não uses palavras caras, porque as pessoas vão usa-las contra ti mesmo que estejam a dizer EXACTAMENTE a mesma coisa que tu disseste. Pela saúde da prima da tia da tua avó!

 

Ah. E uma dica super saudável: NUNCA COMENTAR SOBRE PROGRAMAS DE TELEVISÃO! (Principalmente se for o BB e não fores fã acérrimo do Bruno de Carvalho). Se optares por o fazer... PÁRA! Olha à tua volta e pensa no teu vizinho da quinta loja acima do teu local de trabalho que também pode ter a vida ameaçada por um simples comentário teu.

Como sei que os fãs do BC e da Pipoca andam em guerra e, como não gosto de nenhum dos dois...Sou um alvo que tem de se manter caladinho, não vá alguma seita aparecer lá no terceiro semáforo onde paro a cada vermelho... (Porra, eu posso escrever "vermelho" e "BC" no mesmo post?!)

 

Por exemplo:

Comentei algo em tom de brincadeira para com um amigo meu num comentário que ele havia feito sobre um determinado assunto -AMIGO até de tempos de escola. Ao qual, do nada, uma senhora desconhecida comenta o meu comentário e diz, quase como se me ofendesse: "A senhora hoje está de folga do café!" Por acaso já nem trabalho nessa área há mais de um ano mas... disse, cordialmente, que estava de folga. 

 

(este post contem muita ironia

(era só para mostrar que podemos todos ter opinião e respeitar o outro)

(e se calhar fiz asneira a escrever isto e vou ser "azucrinada")

(eita, porra)

11
Fev22

Falando de coisas sérias...

Ando há anos a dizer que deveríamos de ter em atenção ao acompanhamento das crianças nas escolas. Não somente os pais, mas as escolas em si. (Desde bebés até ás universidades!)

O bullying mata. E ás vezes não mata somente a vitima.  

Não, não estou a desculpar o que esse miúdo (sim, tem 18 anos, é um miúdo!) tentou fazer. Acho que deve de pagar por isso.

Mas estou a tentar dizer que, por trás, pode mesmo ter existido mais (pode, não estou a dizer que houve!).

Segundo li, em diversos locais, esse mesmo miúdo, foi e continuava a ser vitima de bullying... Ora, que consequências pode ter isso na saúde mental de alguém? (isto, a ser verdade que o rapaz era vitima de tal atrocidade) 

"Ah. Eu na escola também era gozado e também apanhava!" - Sim. E isso fazia-o sentir como? Bem? Óptimo? Excelente? Maravilhoso? Não teve raiva?! Não teve ódio pelas pessoas?! Não se sentiu mal? Medo? Tristeza? Depressão? Revolta? Ainda bem que a si não afectou. Mas você, por exemplo, não é ele. 

Eu fui vitima também. A mim levou-me a uma anorexia nervosa. A outras pessoas levou a depressões. Outras ficaram afectadas de formas piores, traumatizadas... Cada caso é um caso.

Não é porque um beliscão no braço não me dói a mim que a si não lhe irá doer também... Ou vice versa. 

A saúde mental importa!

 

Volto a frisar (porque isto de escrever tem muito que se lhe diga e as pessoas tornam-se muito tóxicas quando não concordam com o que "X" escreveu...) : Não deixo de condenar o moço pela atitude do seu acto!  Não o estou a desculpar! Poderia ter matado e/ou ferido muita gente. Deve ser castigado sim! Mas também deve de ser acompanhado. E a família dele também. Estes casos devem de ser estudados para se evitarem outros, futuramente...

Todos os actos que atentem contra alguém, têm de ter consequências. Nestes casos, que sejam exemplos para a sociedade!

 

Mais uma vez, não estou a dizer que é o caso, estou a supor pelas coisas que li. Muitas coisas que saem nas notícias, não são realidade. Não sei se isto é ou não. Não conheço o interveniente. Mas, reflecti, supondo que seja, até porque há casos e casos e alguns são provenientes de... 

______________________________________________________________________________________________

Significado de Suposição
Ponto de vista formado sem comprovação; hipótese, conjectura.
[Por Extensão] Opinião que se forma sem provas sobre o assunto em questão: o seu argumento foi só uma suposição.
Alegação. Acção ou efeito de supor, de admitir como hipótese.
Sinónimos de Suposição

Suposição é sinónimo de: conjecturahipótesepressuposiçãopressupostopresunçãoalegação


by: Dicionário online de português

______________________________________________________________________________________________

Mas isto, mostra-nos tantas coisas aos mais variados níveis...

Também mostra que temos uma polícia do caraças!!! Os meus PARABÉNS! 

 

Pág. 1/2

Mais sobre a desgraçada.

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Sofia

    Não tenho paciência!

  • LadyVih

    Sofy, sua linda.Há redes sociais interessantes... ...

  • Sofia

    Olá Viny!Tenho o blog e chega.

  • Di

    Quem gosta aceita

  • LadyVih

    Beijinho, minha Sofy

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D