Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Duquesa e o Gato ♠

"I'm worse at what I do best." ☆

Clientes engraçados...

Em todos os trabalho encontramos clientes de todo o tipo. Há os clientes bons, os mal humorados, os mal educados, os arrogantes, os simpáticos, os que sorriem por tudo o que é poro e até os engraçados... 

Na segunda feira de manhã, no café, tivemos um grupo de ciclistas que foram chegando aos poucos. No fim, depois de um já ter pago a conta toda, apareceram 3 rapazitos a perguntar se estava tudo pago ou se podiam fugir. A minha colega, na sua inocência e armada em brincalhona disse que podiam fugir que não iriamos atrás deles a correr. Sai-se um : - "Com muita pena minha. Podiam vir as duas a correr comigo para casa..."

Foi ver toda a gente que estava no café a olhar para nós, a minha colega a ficar vermelha e eu sem saber que responder...

Apanhamos de tudo por cá!

555a55ea060f15da513c6f4f811e5297.jpg

Realmente, é triste perceber que a frustração de algumas pessoas se deixam transparecer através da escrita. Destilar veneno pelos dedos é o seu passatempo preferido.

Não precisamos de estar todos em comum acordo sobre os mais variados assuntos - existe a opinião para alguma coisa- mas o respeito sempre foi uma coisa tão bonita e acho que é uma questão de educação e de valores.

Claro que cada um é livre de escrever sobre o que quer mas, o espaço pessoal de cada um é isso mesmo - PESSOAL...

Para mim, o blog é somente um passatempo e, como já disse antes, uma forma de me conseguir abstrair dos problemas. Como tal, se há gente que me faz fugir disso... adeus! (a essas pessoas, claro. "Daqui não saio. Daqui ninguém me tira!")

 

Antigamente dizia que não estava cá para fazer amigos... Felizmente estava errada e fiz alguns que conservo até hoje na minha vida pessoal. O resto é só o resto. 

 

Ideia da minha querida Débora, colocar um sapo no blog. Vamos ver se dá resultado. Cá vai:

(imagem retirada de https://educacaofinanceiraparatodos.files.wordpress.com)

 

Já agora, para prevenir:

 

(imagem retirada de https://vidaempaz.files.wordpress.com )

Há clientes que...

Fui ajudar umas conhecidas no seu café, visto que foi fim de semana prolongado e elas precisavam de ajuda. (Como é algo a que estou habituada pois já trabalhei no ramo, não tive grande dificuldade em aceitar...) Ora, estava eu a atender uma família quando ouço:

-'' um café para a rua!''

Olho e vejo o senhor a sair do café para a esplanada. Como a família iria igualmente para a esplanada, aproveitei, pedi para a minha ''colega'' tirar os cafés (já que tinha a ''mão na massa'') e a meio do pedido levei o café ao senhor. Quando acabei de servir a família, o mesmo senhor pede uma água e diz que o café estava muito fraco e eu disse que deveria ter sido a máquina que não estava quente (sei lá, saiu!). 

Passado meia hora, estava a atender uma amiga quando o dito senhor (aka besta quadrada) vem ter comigo e diz :

"Pedi um café á sua colega e saiu bom. A senhora é que não sabe tirar cafés!'' (A mesma que lhe tinha tirado o café antes!)

A minha amiga ainda balbuciou um ''ha gente mesmo mal educada'' mas eu nem consegui piar... 

Há causas que merecem ser divulgadas...

... e esta é uma delas:

 

O lançamento do livro Histórias com Gato Dentro que será no dia 3 de Setembro,pelas 15horas no Aqui há Gato (Lisboa).

 

 Uma parte do valor angariado com as vendas dos livros reverterá para as seguintes associações:

-Rafeiros SOS

-Projecto Amor Animal

-Associação dos Amigos dos Animais Abandonados da Moita

-MafrAnimal

-Associação O Cantinho dos Gatos

 

Por isso, quem puder comparecer e comprar um livro estarão a ajudar...

 

Os meus parabéns ao Clube de Gatos do Sapo pela iniciativa! 

Eu avisei que me ia armar em ''mete-nojo''!

FB_IMG_1470688432648.jpg

FB_IMG_1470688445014.jpg

Quem não conhece Peniche, acredite que tem de conhecer! Além de ter umas praias lindíssimas, as pessoas são, na grande maioria, de uma simpatia imensa. Também conseguem dar uns passeios bem bonitos e relaxantes por lá.

Apenas fiquei desiludida com o facto de terem retirado o café/mini-mercado do parque, não foi prático para os campistas .

Obriga os campistas a lembrarem-se sempre de levar os cartões nem que seja somente para comprar o pão e voltar á tenda/roulote (o que ao acordar é tramado! Haha). Os empregados são muito pouco prestáveis, lentos e ''trombudos''. Penso que, para lidar com tanta gente e de tantos países diferentes, um sorriso e um ''bom dia'' fazem a diferença! E nem custa assim tanto...

 

De resto, aconselho imenso! É um óptimo local para férias e para uns passeios. A sério, as praias de peniche são maravilhosas e fazem-nos até imaginar que estamos em outro país.

E as Berlengas? Magnífico!

 

Ainda tivemos a sorte de apanhar a altura das festas de Peniche e de Ferrel. Fomos conhecer a Procissão do Mar e ainda conseguimos dar um salto á feira e ver um concerto de Richie Campbell (brutal, brutal!)

 

 A Procissão do Mar é linda. Imaginem uma noite á beira-mar a ver barcos enfeitados com luzes atrás uns dos outros e, no seu regresso, um fogo de artifício. Lindo! 

 

Não fiquei posicionada no melhor lugar, na altura do fogo de artifício, pois estávamos a abrigar-nos do vento... mas, asseguro que é algo muito bonito de se ver!

Os incêndios - o lado de quem vê em perigo os seus bens e a sua vida

Há uns dias, em Peniche, estava a ver a Procissão do Mar quando, ao meu lado ouço uma coisa destas: ''As pessoas reclamam dos bombeiros mas nós não podemos estar em todo o lado. Depois andam a reclamar de mangueirinha na mão armados em parvos... ridículo!''

Como não queria ser mal educada numa procissão, talvez porque ainda tenho algum respeito pela religião em que fui ''inserida'' desde pequena e a qual sigo até hoje, calei-me. Mordi a lingua e fechei as mãos como se estivesse a dar burros na minha cabeça a dizer '' Cala-te, Vânia''.

Eu respeito os bombeiros. Muito! Tenho primos que o são desde sempre e admiro-os imenso e tenho um orgulho neles que nem imaginam. Sei que os bombeiros só não ajudam se não poderem, e em muitos casos não podem! Ou porque são chamados para outros locais ou porque têm ordens para proteger outras coisas... obviamente que a culpa nunca é deles. Maaaaas, também não é nossa! Jamais a culpa será desses ''parvos de mangueirinha na mão'' a tentar salvar o pouco que têm e que tantos anos levaram a conseguir, esses mesmos ''parvos de mangueirinha na mão'' que tentam salvar os seus animais para que não morram queimados ou com a inalação do fumo...

Atenção, a minha revolta aqui não é nem nunca foi contra os bombeiros. Apenas contra aquele comentário que dispensava ter ouvido. Contra esta senhora...

Esta senhora, nunca se viu na posição ''ridícula'' de ter de implorar ao patrão para sair do trabalho pois tinha de ir molhar os terrenos em volta da sua casa e encher baldes (e tudo o que existisse e levasse água) porque o fogo vem ''a caminho'' e a água falta sempre antes dele chegar! (Já viu o que é estar tudo a arder e não ter água?)

Esta senhora nunca teve de gritar por ajuda quando tudo ao redor da sua casa está a arder e porque não consegue ver, no meio do fogo e fumo,os seus familiares e vizinhos, não sabe se estão bem (ou até vivos!) 

A senhora, que tanto acha ridículo os populares tentarem defender o que é seu não sabe o que é, num momento de aflição chamar por bombeiros e não existir um único carro durante horas numa aldeia. (Claro que muita gente, nestes casos, se enerva e desconta nos bombeiros. Creio que não custa muito perceber... nenhum dos lados tem culpa mas os nervos fazem disso!)

Esta mesma senhora não sabe o que é lutar constantemente contra incêndios enormes que passam pela sua terra, não sabe o que é ver a terra que ama vestida de preto! Não sabe o que é familiares seus ficarem sem casa...

Sabe, minha senhora, é que é tão ridículo um doente com cancro, operado há pouco tempo, andar na rua de ''mangueirinha na mão'', com um fumo imenso e a ver a sua casa - que levou anos a construir com as suas próprias mãos- quase arder. É mesmo ridículo! Porque se preocuparia ele? E a família? Que ridícula andear em pânico e nem saber se ele estaria mais seguro em casa ou na rua... (aqui agradeço aos bombeiros porque o levaram para o quartel e o mantiveram lá durante horas)

A senhora sabe o que é andar de casa em casa de familiares a ajudar a combater o fogo até chegar á vossa? Sabe o que é preocupar-se com a casa de um irmão, depois a dos pais, de seguida a de outro irmão,chegar á sua e depois ainda se ir preocupar com as dos cunhados e sobrinhos (e pelo meio ajudar mais uns vizinhos)? Sabe o que é ver uma casa explodir e pensar que a sua família ''já foi''?!

Sabe o que é chorar e gritar ''vou ficar sem nada''?

Nós sabemos o que é isto tudo! Passamos pelo mesmo de ''x'' em ''x'' tempo.

Ouviu o ano passado falar do maior incêndio do país? Foi ''nosso''. E sabe quem salvou a minha aldeia? Esses mesmos a quem você chamou de parvos e ridículos... porque, infelizmente, na maioria dos anos, é raro termos um carro de bombeiros a ajudar (a culpa não é deles, eu sei!). Foram familiares, vizinhos, amigos e pessoas de terras vizinhas que também arriscaram as suas vidas... ridículo, não é?

Sabe quem são parvos e o que é ridículo? Quem provoca estes incêndios! E a senhora também é um bocado ridícula, deixe-me que lhe diga agora.

 

(Fica aqui um agradecimento a todos os bombeiros do país que o são porque amam ajudar os outros e não para se vangloriar. Sem dúvida que devemos agradecer a esses heróis que muitas vezes dão a sua vida pela nossa. Obrigada! Sei que algumas vezes a população é injusta convosco mas são somente os nervos a falar... vocês têm valor e nós sabemos disso!)

Peniche, a Feira do Livro e Eu

FB_IMG_1470688493405.jpg

FB_IMG_1470688486412.jpg

FB_IMG_1470688452238.jpg

Voltei, gente... e estive tão bem acompanhada por estes meninos que não me queria vir embora sem os acabar de ler. Infelizmente só consegui ter tempo para o Nuno Markl e para a ''ti'' Agatha Christie. 

Confesso que comprei o livro do Markl a medo mas, como até lhe acho piada, arrisquei. E ainda bem! Sou menina para me rir de piadas parvas e o Markl fez-me rir imenso com o seu livro. Objectivo cumprido! 

Depois, que poderia eu dizer de mais duas excelentes histórias da minha escritora preferida? Perfeitas! O meu querido Poirot sempre a cumprir o seu papel surpreendente e misterioso que me fazem deliciar página após página. Só fiquei com pena dos outros 2 livros que lá ficaram na feira mas... não podemos ter tudo! Se não tivesse comprado os outros dois no dia antes, teria trazido todos.

(O livro do Benfica é uma prenda...)

 

E pronto, gente. As minhas férias na praia foram assim. E posso dizer que vim um bocadinho mais bronzeada e muito mais relaxada. (depois meto um bocado mais de nojo com fotos)

Já agora... O tempo esteve maravilhoso, por isso, obrigada! Hehe.

 Voltarei em breve mais activa. Agora ainda só por cá ando a 30% pois o gajo ainda está de férias e vamos aproveitando para tratar de coisas da casa e carros. :-) 

Beijinhos e...

Boas férias (a quem está de férias) 

Bom trabalho (a quem trabalha)

Pág. 3/3