Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Duquesa e o Gato ♠

"I'm worse at what I do best." ☆

20
Jan22

O Rapaz do Pijama às Riscas

20220118_132840.jpg

Tenho aproveitado o sol para fazer o que mais gosto: tirar a única percentagem reptiliana que existe dentro de mim e ler. Explicando: trombas ao sol e livro na mão.

Sim, eu venho dizer que gostei muito deste livro.

Sim, eu também venho dizer que chorei!

Um livro de leitura fácil, rápida e emotiva. 

O lado de um miúdo "não-judeu". 

O lado da pureza.

Um lado que apenas vê o "lado de lá" pela pureza da sua janela.

Um livro que dispensa apresentações, é verdade! Mas que eu jamais conseguiria passar sem o enaltecer. 

 

 

 

17
Jan22

3ª Dose...

Visto que me vou sentar dia 30 numa Mesa, fui levar a tal da terceira... Não escrevo asneiras aqui porque não posso! Mas digo, desde já, que me está a ser torturante escrever este simples texto. 

Passei 22h de Domingo enfiada debaixo de cobertores...

Olhei para a rua e estava um belo dia de sol.

Tenho a certeza que dia 30 também será um dia de muito sol...

Tal é a sorte deste ser (eu!). 

14
Jan22

Ainda sobre a "distância de segurança"

Hoje, no café, estava a falar com a minha Alegria das Manhãs (chamo isso a quem me dá café!) sobre o assunto que já referi aqui anteriormente. Isto porquê? Porque ela se estava a queixar de determinados clientes no shopping, onde também trabalha. 

Contei da minha última "aventura distancial" no supermercado.

Ela contou mais uma ou duas.

Nisto, vem um senhor, chega-se mesmo em cima de mim (tipo quem vem contar um segredo), baixa a máscara e diz: "Meninas, não podia deixar de ouvir a vossa conversa. Concordo em tudo!"

Ora, esta acção nem seria de bom grado antes da pandemia, porque não conheço o senhor de lado algum, quanto mais agora...

11
Jan22

Um "não" não serve!

Como se diz a uns pais que não se tem mais forma de salvar a sua filha? Que nada mais podem fazer? 

Com se diz a um pai, Bombeiro Sapador, que tanto já ajudou a população, que nada mais existe a fazer, no nosso país, pelo seu rebento de 10 anos?

A Leonor em um sarcoma, um tipo de cancro habitualmente encontrado nos ossos e nas partes moles do corpo. 

Tem somente 10 anos. 

De forma a não conseguirem nada mais no nosso país, estes pais levaram a sua menina para Espanha, mais nomeadamente para um hospital especializado em oncologia pediátrica.

Não têm apoios governamentais. O tratamento e a estadia são caros. Segundo li, o último tratamento foi no valor de 40 000 euros.  (Como pode a vida de uma pessoa ter um preço?!)

Para ajudar estes pais, os colegas e amigos fizeram uma página para que se conseguisse angariar algum valor que pudesse ajudar a menina: Ajudar Leonor

email: ajudarleonor2022@hotmail.com
Mbway: 966962223
NIB: PT50 001800002468849600194 (em nome de Bruno Santos - pai - banco Santander)

 

1 euro. Menos um café, menos uma cerveja, menos uma volta de carro, menos um luxo qualquer nosso, pode ajudar a salvar a vida desta menina!

Os pais da Leonor querem coçar a cabeça de preocupação, mas só quando forem 4 da manhã e ela andar na discoteca com os amigos... Querem tremer um bocado a medo mas só quando ela chegar a casa de mão dada com o seu primeiro namoradinho. Querem vê-la conquistar os seus sonhos.

E se fosse vossa filha, neta, irmã, prima, sobrinha, etc? 

O que é 1euro para nós comparado com a vida desta pequena?

 
11
Jan22

o BlogAniversário da minha Sofy

Há uns anos, éramos muitas. .. as fofinhas! ()

Falávamos todos os dias, confidenciávamos coisas umas com as outras, "assistimos" ao casamento da nossa Dih, à gravidez da nossa Chic, apoiávamos-nos umas ás outras e a mais alguns dos nossos meninos aqui desta casa... Sim, porque isto dos blogs não é só coisas bonitinhas. Também tivemos aqui umas fases em que uns seres gozavam com bloggers, sendo até bastante mázinhas! Também por isso, aproximamos-nos bastante. 

Acho que eu fui a primeira a "desaparecer" por uns tempos. Trabalho novo, separação e pouco tempo livre... Mas sem perder total contacto com estas minhas princesas. Felizmente, tive bastante apoio deste grupo. 

Entretanto voltei. E fiquei muito feliz de ver que algumas ainda se vão encontrando por cá...

Uma delas é a minha doce Sofy! Uma blogger super amorosa, preocupada, querida, com uma palavra amiga, bem disposta... um doce, mesmo!

A Sofia tem o Blog Música Para Alma Vibrar! e faz 6 aninhos !

PARABÉNS minha Fofinha cheia de glitter e purpurinas.  que venham mais 6!

 

10
Jan22

O João que não conheci

Não conheci o João de quem vos vou falar... Não irei conhecer.

Nem vocês!

O João não vai conhecer mais ninguém. 

Tinha 28 anos, acabados de fazer. Não fará os 29.  O João não comemorará mais nenhum aniversário.  Não irá chegar aos "intas" e brincar com a situação de já ser trintão.

O João não se irá queixar dos seus cabelos grisalhos nem das rugas, porque não lhe permitiram vivenciar isso.

Ele não se irá levantar de manhã e queixar-se de dores nas costas porque trabalhou demais no dia anterior. O João não terá mais nenhum emprego.

O João tinha saido para ir buscar o jantar para ele e para a namorada. Não jantaram nessa noite. Nunca mais irão jantar juntos. 

A sua namorada nunca mais ouvirá a voz da pessoa com quem escolheu viver a sua vida. Irá acordar, olhar para o lado e verá uma parte da cama vazia... a parte que pertencia ao João!

A namorada do João não irá ligar-lhe e reclamar que está tarde, porque sabe a razão pela qual ele não volta.

Um ser, alcoolizado e com droga no seu carro, estava a fugir - a alta velocidade- da GNR e matou o João! 

Quem matou o João, ainda bateu na GNR. Foi preso.

Foi solto pouco depois.

É esta a (in)Justiça que temos no nosso país.

 

Não consigo olhar para os casos que conheço e ver Justiça feita. Neste caso, não conhecia o João, mas conheço de perto alguns casos em que prenderam quem se defendeu (sem matar sequer, apenas ferindo) e mantêm soltos assassinos, pedófilos, violadores... e é tão triste!

 

O João teve azar? Não. O João estava a fazer o que é seu, de direito... viver!

 

Pelo João. Pelo Pedro. Pelo Rubén. Pelo Eduardo. Pelo Cristiano. Pela Sara. Pela Maria. Pela Virginia. Pelo Bruno. Pela Tânia. Pelo Ivo. Pelo Rodolfo. Pelo Diogo. Por tantos outros... 

 

07
Jan22

Este 2022 está estranho, ou é impressão minha?!

Fui só eu que não me senti minimamente entusiasmada com o passar de ano?

Quer dizer, senti-me entusiasmada na parte em que o salário mínimo aumentou, perdoem-me!

Mas, isto anda tudo tão sem graça. Têm sido anos tão "sem sal". 

Olho para a minha afilhada e sinto que não fui presente, não sou presente e tão cedo não o serei. 

Ela, um dia, irá olhar para as fotos do batizado dela e ver máscaras, sem conhecer rostos. 

06
Jan22

Distância de Segurança

Desde que começou a pandemia que encontramos no chão, em inúmeros locais, a marcação de "distanciamento".

Certo. Seguro. 

Ontem fui ao supermercado. Fui para a fila, cumprindo as indicações no chão. Quando dou por ela, estou a levar com uns pacotes em cima do braço e pelas costas... As senhoras atrás de mim, além de não se estarem a importar com a marcação, ainda se colocaram MESMO em cima de mim!

Ora, acabei por descobrir que já gostava do distanciamento antes da pandemia!

e que odeio pessoas.

 

05
Jan22

Os 4 Amigos

Estava a pensar em ir ver o espectáculo destes 4 seres a Leiria.

O problema? Ter de pagar os bilhetes   (e não fica propriamente pertinho). 

É que depois do Natal a coisa é meio complicada... O Orçamento levou um arrombozinho! 

Para não falar que ia pagar para ser expulsa do espectáculo. Passo a explicar, eu trabalho com ouro.  Com a sorte que tenho, iam perguntar-me  qual a profissão que exerço e iam meter-me na rua, aos berros e pontapés a pedir o "ouro deles" de volta. Ora, eu já sou da classe que trabalha e vê o extracto bancário ao de leve... Ir pagar para ser colocada na rua logo no início, não me parece agradável - de todo! 

Devo de ficar pela vontade...

 

04
Jan22

Clientes sem noção- take 57465

Hoje, estava no café à conversa com a minha nova amiga (Sim, porque se me dá café todos os dias, eu já faço amizade para a vida!) e estávamos a falar de clientes em noção...

Eu também já estive na restauração. E, apesar de gostar bastante de algumas vertentes desse ramo, de outras... NÃO!

Queixamos-nos dos clientes babosos ( seres horríveis, desprezíveis e insensíveis!),

dos clientes fora de horas (a vontade de cuspir nos copos é tanta),

dos clientes chiques com o rei na barriga (frequentam tascas como quem frequenta um restaurante gourmet),

dos apressados com a moedinha a bater no balcão mas que ainda ficam 2horas a beber um café e a ler o jornal (dá vontade de arrancar a mão e ficar com a moeda!),

dos resmungões (esses vão embirrar contigo porque o café sabe a café, ou porque tiraste o café ás 9h23 e devias de ter tirado ás 9h24!),

dos clientes do tempo da escravatura (esses só não te pedem para lhes ires limpar o rabinho porque odeiam ter publico na WC),

dos que usam 10% do cérebro (são capazes de deixar o carro na rampa de entrada do café e mesmo assim não entendem porque não se pode lá estacionar), 

dos clientes marca patronato (são somente clientes mas, como são habituais, acham que mandam na casa),

dos que te gastam o nome (chama-te mais vezes do que a tua mãe na tua adolescência),

dos admiradores (toda a mulher atrás de um balcão acaba por ter seres que acham que vão casar com ela!)

dos exagerados (aqueles que marcam mesa para 10, mas que podem ser 20 e depois só vêem 5)

E são alguns...

Há mais, mas já estou irritada com algumas recordações da minha vida. 

 

Mais sobre a desgraçada.

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A blogger mais prestável deste lado:

(Foi ela quem me fez os headers. Lindos, não são?)

Comentários recentes

  • Di

    Conheço o filme, e é qualquer coisa sim.Beijinhos

  • Marco

    Vi o filme é muito bom, e dá para chorar .

  • LadyVih

    Se fores como eu, prepara-te para chorar Eu choro ...

  • Ana D.

    Obrigada pela sugestão de leitura! Já está nos meu...

  • LadyVih

    Não anda fácil ,não. E, pelos vistos, é geral...

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D