Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Duquesa e o Gato ♠

"I'm worse at what I do best." ☆

Vamos lá falar de ex-namorados? Podem dizer asneiras...

11034176_1042538455774067_6434104351677925962_n.jpg

 Já todas nós tivemos namorados e a coisa não correu pelo melhor... Eu, como sou uma pessoa de extrema sorte, tenho uns ex's naaaada complicados.

Comecemos:

Primeiro namorado, Verão, música dos Tribalistas, primeiro beijo, era um paraíso na minha cabeça... O pior é que não tive só um paraíso na cabeça! Comecei bem...  E pensam que me traiu com uma rapariga bonita? Naaaaah. 

Entretanto namorei com um rapaz que era boa pessoa, além de que nos dávamos imensamente bem. O problema? Um "amigo" meu de infância que era da turma dele. Só mais tarde, depois de já termos acabado a relação há vários anos é que descobrimos que esse "amigo" tinha estado por detrás da nossa separação...

Um tempo depois, apaixonei-me perdidamente por um "galã" daqueles de filme, parecido até com o Jude Law. O certo é que só namoramos dois dias porque logo no primeiro traiu-me e eu descobri a traição no segundo.  (Hoje somos bons amigos.) 

Seguidamente, tive um ex com quem namorei quase 2 anos, acabou comigo por mensagem no dia seguinte aos meus anos. Alguém que me desprezou demasiado na pior fase da minha vida (quando tive a anorexia e descobri a hérnia). Teria a sua piada se não fosse estúpido! Na sua cabeça, ele fazia-me imensamente feliz...Homens!  Descobri que se metia com outras enquanto eu fazia 60km's (ida e volta) a vomitar para ir ter com ele. E querem saber? Nem uma mensagem a perguntar como chegava a casa ou sequer se chegava pois por vezes os meus pais tinham de me ir buscar a meio do caminho porque não conseguia conduzir mais! Mas claro, fazia-me imensamente feliz...  

Nem só de más relações se resume a minha vida. Claro que também tive namorados que me proporcionaram bons momentos. Após ficar livre, conheci o meu "primeiro". Aquele que me mostrou o que era um namorado... Embora as coisas tivesse acabado, foi bom tê-lo encontrado. Ensinou-me a gostar mais de mim, ensinou-me mesmo o que é um namoro, incentivou-me a começar com as tentativas de deixar de fumar e era um namorado presente e carinhoso (algo que, honestamente, já não sabia o que era). 

Hoje, estou numa relação de 6 anos e recordo a maioria deles com humor e amizade...

E os vossos ex's? Merecem ser recordados?

VG (4).jpg

 

33 comentários

Comentar post