Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Duquesa e o Gato ♠

"I'm worse at what I do best." ☆

O Pai Natal

 

493.gif

                                                             (foto retirada board.pt.bitefight.gameforge.com)

Inspirada pela M.J. vou falar... do Pai Natal! Sim, aquele ser que dizem ser gordo, de barbas brancas e sempre vestido de vermelho e branco! 

Acho que nunca me deixei ser enganada por esse senhor. Penso que sempre tive noção de que ele era somente uma personagem. Mas vou confessar que, em pequena tentei acreditar no Pai Natal. Os meus amiguinhos acreditavam, por isso poderia até existir! Numa noite de Natal, era eu pequenina, ouvi um barulho quando estava na cama... Levantei-me e fui espreitar à janela já toda entusiasmada.Afinal o Pai Natal podia ser real...Era o Pai Natal que me dava as prendas e não os meus pais! Os meus pais aqueles anos todos não me deram prendas? E eis que... Eram cães! o Pai Natal não veio... Não existia! Afinal os meus pais não se tinham esquecido de mim no Natal. Alivio e decepção... E sabem o que custa para uma criança pequena não poder contar aos amigos que aquilo era tudo treta? Sabem o que custa passar anos a escrever cartas ao  velho e sabermos que não exisita e as cartas haveriam de ir para o caixote do lixo mais próximo quando acabasse a época do Natal?! Não sabem? Eu sei... Um dia deixei escapar à minha melhor amiga de infância "olha, vou contar-te um segredo... o Pai Natal são só cães que fazem barulho". Ela coitada chorava e com medo da professora disse que estava a brincar. E vivi este segredo sózinha! E foram anos de cartas e segredos... Um dia, talvez no ano seguinte, a minha melhor amiga veio ter comigo e disse-me baixinho "olha, o Pai Natal não existe". E eu, com raiva e alivio disse que já sabia. Ela perguntou-me porque nunca lhe tinha contado! Podia andar no Jardim Escola mas tive vontade de a esganar... [LOL]  Hoje sei que a memória das crianças é má... Eu mesma não me recordo de muitas coisas da minha infância. Mas recordo-me do trauma Pai Natal! E muito! Pai Natal, lembro-me do que me fizeste na minha infância!!! 

Um dia vou deixar os meus filhos acreditarem. Porque, sejamos honestos, é algo mágico! 

 

Hoje em dia, o Pai Natal em que acredito é mais este:

presenta-o-ex-bbb-rodriga-o-mostra-lado-sensual-em                                                                                           (foto retirada www.meionorte.com) 

 

25 comentários

Comentar post