Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Duquesa e o Gato ♠

"I'm worse at what I do best." ☆

Pijamas...

              (Imagem retirada daqui)

 

Há um ano que queria um pijama destes (completo). Há um mês atrás, finalmente, ofereceram-me um e eu, todinha feliz da vidinha, pois o malvado é quentinho á bruta! Acontece que me desiludi na primeira ida á casa de banho... Ora, estava um belo dia para usar o pijama, estava um frio danado e a casa gelada pois a lareira não tinha sido acesa. Decidi que o pijama, uma manta e uma das minhas séries bastariam para que me aquecesse o corpo e a alma... Isto até me dar a vontadinha de ir á casa de banho e perceber que teria de me retirar de dentro desta capa de calor! Agora, expliquem-me porque é que eu nunca pensei que isto seria assim? Qual foi a minha ideia?! Porquê?! E porque é que eu agora me apaixonei por estes pijamas de unicornio?! 

        (Imagem retirada daqui)

Quando estás tão obcecada com futebol..

...que ouves um grupo de senhoras de idade falar de Jesus no café e julga s que estão a falar do treinador do Sporting. Confesso que me armei em cusca quando ouvi ''Mas Jesus não o está a ajudar... deixou-o na mão''. Juro que pensei que as senhoras estariam a falar do Sporting e seus ditos cujos.

Jesus, perdoe-me porque pequei e confundi-O lá com o senhor da bola! Não me castigue...mais! Estava com sono na altura. 

Palavras & Imagens #17 - Convidada Psicogata

Olá gente, hoje decidi voltar à minha "mai velha" - para começar bem o ano- e a convidada é uma das minhas meninas... a minha querida Psicogata. A Gata, como carinhosamente lhe chamamos, foi uma das boas surpresas que tive por cá. Como já lhe disse há uns tempos, imaginei-a de uma forma um pouco  "rude"  (não a conhecia ainda, por isso tenho desculpa!), talvez pelo seu avatar mais "sério". Na realidade, a Gata foi uma surpresa muito boa e demonstrou-me ser uma pessoa doce, carinhosa, preocupada, muito humana, inteligente... E é tão bom encontrar pessoas dessas por cá! Obrigada por tudo, minha querida.  De "rude" nada tens, felizmente!  

Eu poderia falar do seu blog que - sem exagero algum -é um dos blogs que mais gosto de visitar, mas realmente ela encontrou a melhor forma de o definir... Vamos ver?

 

"Vânia em primeiro lugar obrigada pelo convite, em segundo lugar mil desculpas por demorar tanto tempo a responder.

Isto de definir em palavras e imagens o nosso blog não é fácil, parabéns pela rúbrica é excelente e coloca-nos a pensar naquilo que realmente o nosso blog é.

Três palavras e três imagens para alguém que gosta de escrever e adora enumerações é realmente muito pouco, especialmente porque o Língua Afiada é sobre um pouco de tudo e na realidade sobre nada, mas aqui ficam as três palavras que definem melhor o meu blog, hoje, se me perguntares amanhã se calhar serão outras, mas isso agora não interessa nada.

 

Opinião

O que mais faço no blog é dar opiniões, independentemente do assunto podem contar sempre com a minha visão do tema, sem papas na língua, sem medos, afio os dedos e escrevo o que penso, a minha opinião sincera.

thumbnail_Opiniao.jpg 

Desabafos

O blog funciona como um escape, quando tenho algum stress abro uma folha em branco e digito a minha insatisfação, às vezes questiono-me se o blog não é o meu muro de lamentações privado para o público, mas escrever é libertador e por isso quase todos os desabafos vão parar ao blog. O tipo de desabafos também é irrelevante pode ser sobre um tema parvo e insignificante ou sobre um assunto sério, se me irrita origina desabafo.

thumbnail_desabafos.jpg

 

Filosofia

Estava a tentar encontrar uma palavra que definisse todos os textos que escrevo sobre os diversos flagelos que afetam a nossa sociedade, mais do que expressar a minha opinião, tendo a filosofar sobre os assuntos, sou uma idealista que acredita num mundo melhor e diferente, espremendo bem os conteúdos do blog é isso que encontramos um enorme desejo de mudar este mundo para melhor.

 

 thumbnail_Filosofia.jpg

_____________________________________________________________________________________________________

Gostaram? Adorei a forma como a nossa menina descreveu o seu blog. Quem não a conhece, fica a conhecer agora e aproveitem para visitar o seu cantinho pois encontram um pouco de tudo por lá e torna-se muito interessante. A Gata não se inibe de dar a sua opinião sobre os mais variados temas e é de uma humanidade imensa... Vale a visita! Acreditem que serão muito bem recebidos pois esta menina é um DOCE! 

Obrigada Gata pela participação... ADOREI! 

Neste momento não vou já convidar ninguém pois ando imensamente apertada de horários e, como têm reparado, tenho estado mais afastada daqui, mas em breve volto com um novo convidado. 

Beijinhos e obrigada

2017, já chegaste?

E parece que sim! Pelo menos com a quantidade de "Bom Ano" que já ouvimos e dissemos, dá a entender que já começou... Agora, qual a diferença de 2016 para 2017? O último número. Só.

Resoluções para o novo ano? Não as fiz... Passagem de ano? Foi somente mais uma desculpa para jantar com os amigos. Agora, a não ser que fique rica e\ou herde uma fábrica de chocolate, este ano será como tantos outros. E ponto final. 

 

Agora posso começar a usar a minha parte lamechas... Por muito que nem ligue a esta coisa de "ano novo", sei que todos relembramos do ano que passou e tiramos as nossas conclusões sobre o maldito\abençoado. Não sou diferente dos outros. Também olho para 2016 e revejo o que aconteceu. E tenho de vir aqui escrever algo que também me marcou no fim deste ano que acabou... Quando as pessoas falam em "vida pessoal" e "blogs" de forma a separar ambas as coisas, eu não o posso fazer. Não quero! Ao longo destes 10 anos fiz amizades, a maioria neste ano que acabou. Posso dar-me ao luxo de dizer que conheci pessoas que fazem com que não separe a minha vida pessoal dos meus blogs e a quem hoje chamo de amigas. Ter alguém capaz de nos mandar um email, mensagem, telefonar-vos a dizer "eu estou aqui", "podes contar comigo", "quero-te bem", "já comeste?", etc, é maravilhoso. Há 10 anos jamais pensei que isto acontecesse...

 

Este ano ficou na memória:

-Criei um blog juntamente com a minha querida irmã na doença Catarina (que adoro como se a conhecesse há anos!)

-Conheci a minha blaranja Chic'Ana (não preciso dizer mais nada, pois não? Já está tudo dito no "blaranja")

-Passei noites de cusquice e muita amizade com a minha Mula dos Cogumelos (só nós sabemos... Obrigada)

-Tive dias recheados de conversa com as minhas queridas, fofinhas, brilhantes, coloridas e maravilhosas Nay, Psicogata, Sofia, Kikas, Di e Ana (minha nossa, quaaaaanta conversa mais amorosa e todas as outras coisas que só nós sabemos!)

-Conheci a minha doce JP, a amorosa Susana, a minha tonta-maezona Ana Gomes e a minha querida companheira de Receitas Ana (obrigada pelo carinho! Vocês são fantásticas!)

 

Obrigada por tudo! Obrigada a todas. Cada telefonema, cada mensagem, cada miminho foi uma força que me deram quando me estava a deixar ir abaixo... Tenho imenso gosto em poder dizer que fiz AMIGAS! E, mesmo que esteja mais afastada daqui, sei que já não estarei mais afastada de vocês. Obrigada por terem feito parte do meu ano de 2016... 

 

(Claro que fiz mais amizades mas seria difícil identificar e escrever sobre todos vocês e como tal tive de enaltecer as pessoas que me têm aturado nas minhas crises menos boas. Mas estão todos no meu coração. Obrigada!!!)