Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Duquesa e o Gato ♠

"I'm worse at what I do best." ☆

À procura de...

... do tal nadador salvador de rabo de fora!

 

(Little, comecei a tua ideia... depois colas tu os cacos. Haha)

 

 

DESCULPEM MAS AQUI A LADY VAI UNS DIAS DE FÉRIAS (a cabeça merece e precisa!)...  Como tal, este post está agendado. 

 

Quando chegar (lá para dia 3) quero isto inundado de coisas fofinhas, amorosas, comentários a dizer que têm saudades minhas e coisas do género.

Senão juro que saio do FClub e mudo-me para o Spot*

Ah, então o dia está a correr-te bem?

Depois de ter passado a tarde no hospital com o pai para umas consultas, na qual disseram que reagiu bem á quimioterapia, obviamente que iria andar mais que feliz. Contei a boa nova a toda a gente! Estava radiante...fui á piscina, com bastante vontade (juro!) pois estava motivada e a aula até correu melhor.

No fim, ao sair recebo uma mensagem com um ''A J morreu?''. Fiquei de todas as cores! Depois de andarem uma semana inteira a dizer que ela não passava daquela noite, eu já pensava ''Porra, ela é forte! Aguenta mais do que lhe dizem para aguentar. Vai safar-se desta...é a J! Só pode safar-se!"

E como eu gostava de ter razão! Estou tão farta de perder família e amigos que já nem sinto a alma... esta merda dói! 

Deus, se Existes, deixa-Te destas coisas. Esta merda custa, porra! Já chega! 

Oh Ju... fogo! 

Ele, sendo ele...

-Amor, a Pipoca veio ao meu Blog... 

-Ai sim? E comeste-a? 

IMG_20160528_214154.JPG

Por momentos esqueço-me de que ele, é ele...

 

 

Já há uns dias, virei-me para o meu grupo de amigos:

-Temos de ir ao Porto passar um dia. Tenho de ir conhecer a Mula. 

Parou tudo. Calou-se tudo. E tenho cá para mim que ainda procuraram o número de algum manicômio na internet...

Expliquei calmamente que era uma das minhas meninas da culinária e que tinha curiosidade para a conhecer! 

(Sim este Blog eles não sabem que tenho mas sabem do de culinária!)

O dia em que me sentei ao colo de uma pessoa num autocarro...

Não sei se já perceberam mas eu não sou propriamente uma pessoa de muito equilíbrio.

Quando andava na escola, andar em pé no autocarro, para mim, era um pesadelo! Ela balançava para a direita... Ela balançava para a esquerda... Dava uns passos em frente e mais uns atrás!

O nosso autocarro da escola, às sextas-feiras (dia de mercado) era uma daquelas coisas que metem nojo! Carregadinho de gente até ao tutano! A Vânia, que é uma panhonha daquelas bem grandes, nunca conseguia ser das primeiras a entrar no autocarro. Nem das do meio! Pronto, Ficava sempre para o fim. Escusado será dizer que, às sextas ia uns bons Km's em pé. Sempre! Numa dessas vezes (e ainda bem que foi somente uma vez!) o trânsito estava bastante no pára-arranca e, apesar da minha luta para me agarrar a qualquer lado (com toda a força da minha alma!), desequilibrei-me e fui sentar-me mesmo ao colo de uma senhora já com alguma idade. Os meus amigos riam-se, os desconhecidos riam-se, eu não me conseguia levantar pois tinha o pé preso entre os pés dela e o banco e a senhora pergunta-me a rir :"A menina está confortável?".  

Pelo menos o meu "assento" era alguém bem disposto. E uma mulher! 

Cicatrizes da minha vida #4 - Não chamem o Inem!

Como já perceberam, tenho queda para... quedas!  Não consigo passar um ano inteiro sem dar algum tipo de queda aparatosa e mais algumas menos escandalosas. Esta de que vos vou falar poderia ter corrido muito mal se eu não tivesse uns bons anjinhos a tratar de mim. Mas tenho. Obrigada! 

Aconteceu quando ainda morava em casa dos meus pais. Vinha a Vânia a sair do banho quando sinto o pé escorregar... Para não cair e bater com a cabeça (eu pensei logo nisso pois sou uma pessoa com bastante sorte!) agarrei-me á primeira coisa que apanhei á mão: o armário! Caiu a Vânia e caiu o armário. Acho que devo de ter gritado ou aquilo deve ter feito um estrondo dos grandes pois só vejo a minha irmã e a minha mãe a chegarem a correr até mim e a ficarem em pânico. Eu, que estava calma pois não me doía nada, ao ver a cara delas entrei igualmente em pânico. Só pensava que deveria de haver muito sangue e coisas fora do sitio (sem ser o armário e tudo o que estava nele, claro!). Levantaram o dito cujo e estava inteira! Apenas um pouco dorida e arranhada.

Mas, isto tinha tudo para correr mal! Principalmente por não estar propriamente vestida... 

O que sabem vocês sobre a anorexia?

Extreme-weight-loss-show-diet.jpg

Muitas das pessoas, quando vêem alguém bastante magro, gosta de balbuciar alguma parvoíce como:

 "Ah. Deve de estar com anorexia! Esta gente e a mania das dietas!".

Mas essas mesmas pessoas esquecem-se de que, ao lado elas, poderá estar alguém que "sofreu"* disso. Não sabem que, o facto, de associarem cada pessoa magra a uma doença, acaba por nos magoar a nós que a tivemos. Não sabem que, dizer que é "mania das dietas" é de uma extrema ignorância que nos leva a ter vontade de vos dar com uma banana na cara. (Desculpem, mas às vezes apetece!)

 

Como tal, eu e a minha querida Catarina, vamos ter algo preparado para vos elucidar sobre o que é a anorexia, como se ultrapassa algo deste género, como se vive com alguém com esta doença e também para podermos ajudar, de alguma forma, (e no que pudermos) quem esteja a passar por este processo.

Ainda não o fizemos por culpa minha, pois tenho estado a passar uma fase um bocado atribulada. É algo que queremos fazer e peço desculpa à Catarina pela demora com o que lhe tinha prometido mas infelizmente estes próximos dias será bastante complicado.

De qualquer forma, esperamos contar convosco para algumas coisas e assim pediremos a devido tempo.  No próximo mês esperamos ter novidades...

 

PS.: * Escrevi "sofreu" entre aspas porquê? Bem, segundo os médicos, é algo que nos acompanhará a vida toda. E concordo. As mazelas com que muitas ficamos serão para sempre. Prefiro falar no passado, claro, porque superei a doença, mas coloco sempre as aspas por ser algo que fica para a vida. 

Teste racista...

Teste rápido para descobrir se és racista ou não:
Responde rápido:
Num galinheiro existem 30 galinhas.
Um negro levou 10 galinhas.
Quantas galinhas ficaram no galinheiro?

(RESULTADO ABAIXO)

































Resultado:

Se  respondeste 20 galinhas - És um racista da pior espécie.
Se respondeste 40 galinhas - Parabéns!
Porque, se existiam 30 e o "negro" levou 10 para o galinheiro, ficaram lá 40 galinhas.
(Ele não tirou!)

Pág. 1/8