Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Duquesa e o Gato ♠

"I'm worse at what I do best." ☆

Olimpíadas "Black Friday"

here-are-the-uks-best-black-friday-deals.jpg

Sejamos honestos, TODA a gente gosta de comprar as coisas o mais barato possivel. Ou estou enganada?

Pois bem, as nossas lojinhas portuguesas decidiram aderir a um conceito que existe há muitos anos nos Estados Unidos e que em Português se designa por Sexta-Feira Negra. Ora bem, sexta-feira negra...E por cá foi uma sexta negra, um sábado negro e um domingo negrissimo! Eu e o Marco tivemos a exelente ideia de ir passear a Leiria no sábado negro. Nem tão pouco nos lembramos que seria assim negro! Estacionar? impossivel! Demos umas 6 voltas ao parque de cima e 3 ao de baixo até estacionarmos... E isto só para podermos almoçar pois compras nem as fizemos! 

Eu, que gosto tanto de saldos, ainda não tinha recebido e nem tão pouco me apetecia entrar nas lojas e estar em filas para pagar... A preguiça tomou conta de mim nesse sábado negro!  Não entrei na Mango, não entrei na C&A nem tão pouco entrei nas lojinhas de bijouteria que tanto gosto... E foi negro para mim! 

Apetece-me....

17507078_zaBFn.jpeg

 

Que se passa comigo que só me apetece batata doce assada?! Nunca vos aconteceu? Apetecer algo e andarem dias a pensar nisso? A mim acontece-me tanta vez! Normalmente é com francesinhas mas hoje é com batata doce. 

Não... Não estou grávida! A não ser que esteja grávida há vários anos pois é algo que sempre me aconteceu. 

Ai... Mas apetece-me taaaaaanto! 

 

Evolução, finalmente!

12274487_10153365773488335_9088978098136738839_n.j

Em relação à adopção por casais homossexuais sou completamente a favor! Infelizmente penso que o nosso país ainda não esteja preparado (ou não tenha humanidade suficiente) para perceber o bem que estas pessoas fazem a estas crianças... Estes seres humanos dão um lar a outros seres humanos cujos pais biológicos abandonaram ou maltrataram (ou ambas as coisas juntas). Porquê tratar alguém diferente por ser homossexual? Se não conseguem aceitar pelo menos respeitem... Custa tão pouco! E vamos lá analisar a situação... Então, há crianças abandonadas em lares temporários e orfanatos e há casais (independentemente do sexo dos elementos) que querem adoptar crianças, que lhes darão um lar com amor, tranquilidade, afecto, paz... Será melhor continuarem num local onde não lhes poderão dar toda a atenção que merecem ou ir para um Lar? É preferivel estas crianças serem felizes, certo?! Resta às outras pessoas criarem os seus filhos para que não achem que estas situações são fora do normal! Sejamos humanos! Sejamos aquele que aceita que uma criança merece ser feliz... Sejamos aquele que não discrimina nem ensina os filhos a discriminar!

Por Paris, por Portugal, pelo Mundo!

12227182_10154113291487923_8041833203523577987_n.j

 É assustador! Os ultimos dias têm sido aterrorizadores... Nestas alturas somos sempre um pouco egoistas e desejamos que os nossos não se encontrem entre as vitimas! Os meus felizmente estavam a salvo. Perto dos acontecimentos mas a salvo! Depois vem a revolta e a tristeza...Tanta gente inocente que foi alvo desta gente sem coração, sem valores, sem humanidade! E agora? Aquelas vidas não voltam mais! Aquelas familias não mais voltarão a ser as mesmas... Aquele país ficará para sempre manchado com lágrimas de sangue graças á monstruosidade "humana"! O mundo ficará eternamente desconfiado... É tão triste o ser humano não conseguir sentir compaixão! É tão triste ser-se tão monstruoso!!! 

O mundo está podre! a humanidade está podre... Falta amor, compaixão, tolerância! 

Não é só França que sofreu atentados... Não é um caso isolado. E isso é assustador! 

Se tenho medo? Sim, tenho! Acho que todos temos. Mas não acredito que entrar em guerra e matar milhões de inocentes seja a resposta a isto. Mas também tenho perfeita consciência de que não vamos lá com abracinhos... 

"Em guerra pela Paz"... irónico não é?! E triste. Tão triste!

Amem-se. Tolerem-se. Aceitem-se! Chega desta falta de humanidade...

Anoréxia vs Gordurinhas

fgfdg.JPG

 

 Foto retirada do blog Diário de um distúrbio (aconselho a ler).

 

Agora está na moda falar de anoréxia pois a filha da Julia Pinheiro estará internada com essa doença. Eu, como sei o que isso é, lamento pela mãe mas lamento mais pela filha que irá lutar ainda bastante...

Eu mesma passei por isso! Não cheguei ao ponto de ser internada mas isso devo-o à minha familia e amigos que fizeram os mais diversos malabarismos para me colocarem a comer... 

Pesei 47 kg com 1,70 (depois deixei de me pesar). O problema em si nem era tanto o peso! Foi o ter perdido 20kg em pouqinhas semanas. Comia somente metade de uma maçã ao inicio e depois passei para beber somente água. Deixei de ter fome. Usava roupas largas ainda antes de emagrecer e tinha aulas até bastante tarde por isso era dificil a minha mãe controlar o que comia. Quando percebeu levou-me á médica...e foi a partir daí!

Nessa altura criei um blog no qual falava com algumas meninas e um menino que passavam pelo mesmo problema. E não foi fácil! Abri os olhos quando alguns dos meus "amiguinhos" começaram a ficar internados e quando deixe de voltar a ter contacto com alguns deles... 

Hoje em dia tenho uns quilinhos a mais. E, honestamente, nem me interessa muito! Claro que há dias em que penso que gostaria de voltar a ser magra mas depois recordo-me do meu passado e isso deixa de importar. Prefiro ter estas gordurinhas do que passar pelo que passei e fazer os meus voltarem a passar pelo mesmo! Não foi fácil para mim mas também não o foi para a minha familia e amigos. Sei que os fiz passar por maus momentos...

Não estive num caso agudo, nem acho que estivesse perto disso... Sei que tive o apoio importante e o principal! Acredito que o necessário é ter uma boa base de apoio a nivel familiar e de amizades! E eu isso tive... Se hoje cá estou é mesmo por isso! Não que os médicos não sejam importantes, porque são! Mas a recuperação partirá de nós.

As gordurinhas? São minhas! Eu vejo-as sim... Mas já não me fazem a mesma confusão e já não me dão a mesma repulsa! 

A quem passa por isso. Força! A recuperação terá de partir de vocês... Amem-se mais! Pois é isso que falta... E desabafem! Faz tão bem! acreditem...