Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Duquesa e o Gato ♠

"I'm worse at what I do best." ☆

Descobrindo...

Sabe bem recordar o passado não sabe?!

Mas o estranho é que mesmo sabendo bem ao mesmo tempo dói!

Pois o passado passou e não volta mais!

Porque os momentos são únicos e não se repetem!

Porque as pessoas são únicas e não voltam!

Porque o sol brilha de maneira diferente cada dia que passa!

Será por isso que dizem que "cada momento é único e irrepetivel"?!

Será por isso que nos dizem "vive o dia como se fosse o último"?!

Porque é que não podemos voltar a ter aquele sorriso inocente e puro de criança?!

Porque é que não podemos recordar sem sofrer?!

Porque é que nos arrependemos de não dizermos a alguém oquanto gostamos dela?!

Porquê?!

Porque é que as pessoas morrem e não voltam?!

Porque é que a saudade dói?!

Porque é que o amor dói?!

É assim tão dificil ser-se feliz?!

Será que existem só momentos de felicidade?!

Será que não existe a felicidade absoluta?!

Ou a felicidade é uma noção de cada um?!

Talvez seja assim a vida....

Talvez...

A nossa única solução é indo descobrindo!!!

 

Hoje até estou feliz e tal... Senti-me inspirada! (coisa que me dá uma vez por mês!) =P

Um texto que achei num blog.... =]


"Eu já me ri até  me doer a barriga, já nadei até' perder o folego, já chorei até adormecer e acordei com a cara inchada, já me queimei a brincar com velas, já falei com o espelho, já quis ser cozinheiro, arquitecto e bailarino. Já me escondi atrá's das cortinas e esqueci-me dos pés de fora, já apanhei banhos de chuva. Já fiz confissoes antes de adormecer, fiz loucuras que só' eu sei, já confundi sentimentos, já andei no caminho errado e continuo a andar pelo desconhecido. Já raspei o fundo da panela, já chorei a ouvir musica no autocarro, já ri em alto e bom som. Já tentei esquecer algumas pessoas, mas descobri que essas sao as mais dificeis de se esquecer. Já cai da escada de rabo, já disse disparates, já meti os pés pelas mãos, já me arrependi de morte e corei ate ficar roxo. Fiz juras eternas, já chorei sentado no chão da banheira, já fugi de casa para sempre, e voltei no instante a seguir. Já' sai para andar sem rumo, sem nada na cabeça, a ouvir os meus proprios passos. Já corri para não deixar alguém a chorar, já fiquei sozinho no meio de mil pessoas a sentir falta de uma só. Já ouvi elogios que não consegui aceitar. Já vi o pôr do sol cor-de-rosa e alaranjado, já olhei Lisboa de cima e mesmo assim não encontrei o meu lugar. Já' tive medo do escuro, já vi o arco iris mesmo por cima de mim, tremi de nervoso, quase morri de amor. Já acordei a meio da noite e fiquei com medo de me levantar. Já toquei viola e cantei só para nao ficar triste, já' gritei de felicidade, já abracei mais que uma pessoa ao mesmo tempo, já me apaixonei e achei que era para sempre, mas era sempre um ''para sempre'' pela metade. Já me deitei de madrugada e vi a Lua virar Sol, já vi amigos partir, mas descobri que rapidamente chegam novos ..."

Sara...

...
Nunca na nossa vida esperamos ver o nome de quem amamos numa necrologia... :( É um golpe duro demais... Mas infelizmente acontece! Já lá vão quaze dois anos mas todos os dias estás no meu pensamento! Todos os dias me lembro de ti como se fosse ontem o dia em que te disse aquele "até amanhã"!  Aquele "até amanhã" que não teve lógica! :( Lembro-me como se tivesse sido há duas hotras o momento mais duro de todos! Vistito-te sempre que posso.. Mas não é o mesmo! Não me responderes quando te falo, não poder ver o teu sorriso nem esses olhos entristece a alma de qualquer um de nós que te conheciamos!   
*** Adoramos-te para todo o sempre! ***